Colômbia aprova concessão portuária à CCX, de Eike

A CCX, empresa de carvão na Colômbia do grupo do empresário Eike Batista, recebeu na noite de segunda-feira, 21, aprovação do governo local para concessão portuária. Com a resolução, de número 1.142 pela Agência Nacional de Infraestrutura da Colômbia, a CCX irá construir porto privado em La Guajira, município de Dibulla. A capacidade prevista é para movimentar 35 milhões de toneladas anuais de carvão. A concessão para o Porto da CCX tem prazo de 30 anos e a assinatura do contrato está condicionada à emissão da licença ambiental, como explica a CCX em fato relevante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.