Colombiana Ecopetrol planeja vender ativos no Peru

A estatal colombiana Ecopetrol planeja vender seus ativos no Peru, tornando-se a mais recente petrolífera a mirar uma saída do país, segundo uma autoridade de alto escalão do governo. Os resultados negativos na joint venture com a empresa coreana Korea National Oil Corporation seriam o principal motivo para a estatal colombiana abandonar suas atividades no Peru.

Agencia Estado

16 de outubro de 2013 | 19h17

O presidente da estatal Perupetro, Luis Ortigas, disse que a empresa colombiana ainda não notificou oficialmente o governo peruano de seus planos de deixar o país, mas, assim como a canadense Talisman Energy Inc e a Petrobras, deve vender seus ativos e se concentrar na exploração fora do Peru. "A companhia parece não ter tido os resultados econômicos que esperava", disse.

Enquanto isso, a Perupetro planeja atrair outras empresas para investir no país em um leilão internacional de nove blocos de petróleo, agendado para novembro. Outro leilão de 26 concessões na floresta amazônica também está previsto para a primeira metade de 2014, segundo Ortigas.

As concessões, entretanto, dependem de aprovação junto a comunidades indígenas, que devem ser consultadas até o fim do ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ecopetrol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.