Com aumento da busca no Google, ‘Revolta do Vinagre’ vira termo no Wikipedia

Segundo Wikipedia, a 'Revolta do Vinagre' se refere às séries demanifestações contra o aumento de passagem do transporte em São Paulo 

Yolanda Fordelone, do Economia & Negócios,

14 de junho de 2013 | 14h10

O vinagre ganhou fama do dia para a noite. O termo, após ser um dos mais procurados hoje no Google,segundo o site trendsmap.com, entrou para a lista do Wikipedia.

Com humor, a "Revolta do vinagre" é descrita como a série de passeatas contra o aumento da passagem de ônibus e metrô em São Paulo, de R$ 3 para R$ 3,20.

Segundo a descrição do termo, "o nome popular 'Revolta da Salada' é devido à 'suposta' proibição do uso de vinagre no protesto". O produto costuma ser usado pelos frequentadores assíduos de manifestações pela sua qualidade química de abrandar efeitos do gás lacrimogêneo, outra presença garantida nos protestos que terminam em choque com a polícia.

Na economia, o vinagre também foi vilão em maio, subindo quase nove vezes acima da inflação, segundo a Fundação Instituto de Pesquisas da USP (Fipe). O vinagre subiu 0,86% em maio, enquanto a inflação média dos produtos pesquisados ficou em 0,10%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.