Com novo recall, GM já acumula 28 milhões de carros com defeito de fábrica em 2014

Empresa convocou mais 8,45 milhões de proprietários para reparos, desta vez na chave de ignição

Agência Estado

30 de junho de 2014 | 17h07

SÃO PAULO - A General Motors anunciou um recall de mais 8,45 milhões de veículos produzidos entre 1997 e 2014 nos EUA. Com mais este anúncio, o total de veículos convocados pela GM este ano para troca de peças já chega a 28 milhões de unidades.

No ano passado, a soma de chamados de todas as marcas de veículos nos Estados Unidos para reparos de defeitos de fabricação foi de 22 milhões de unidades.

O problema dos veículos chamados desta vez está na chave de ignição dos modelos Cadillac, Malibu, Monte Carlo, Impala, Oldsmobile e Pontiac.

A empresa disse estar ciente de sete colisões, com três mortes e oito pessoas feridas, entre os veículos cujos proprietários estão sendo chamados a comparecer para resolver os problemas.

A GM também disse esperar uma perda de US$ 1,2 bilhão no segundo trimestre, por causa dos reparos previstos. A empresa informou que os recalls anunciados anteriormente deverão provocar perdas de US$ 700 milhões no trimestre. 

Na Bolsa de Nova York, os negócios com ações da GM foram suspensos temporariamente hoje  antes do anúncio do recall. Com agências internacionais.

Tudo o que sabemos sobre:
RecallGeneral MotorsGM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.