Com pouca variação, bolsas dos EUA encerram 4a semana de ganhos

Os principais índices do mercado acionário dos Estados Unidos fecharam a quarta semana consecutiva de ganhos nesta sexta-feira, mas mostraram poucas variações nesta sessão, que teve volume menor.

CHUCK MIKOLAJCZAK, REUTERS

28 de outubro de 2011 | 19h17

Investidores deram uma pausa após o rali de 3 por cento da véspera, motivado por um acordo para combater a crise de dívida na Europa.

O índice Dow Jones, referência da Bolsa de Nova York, avançou 0,18 por cento, para 12.231 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq teve variação negativa de 0,05 por cento, para 2.737 pontos, enquanto que o índice Standard & Poor's 500 registrou oscilação positiva de 0,04 por cento, para 1.285 pontos.

Na semana, o Dow Jones acumulou alta de 3,6 por cento; o S&P 500 subiu 3,7 por cento e o Nasdaq teve valorização de 3,8 por cento.

Embora investidores ainda tenham dúvidas sobre a implementação do acordo, eles pareceram satisfeitos com o progresso na Europa, pois o mercado acionário encerrou sua maior sequência semanal de ganhos do ano.

Outubro também caminha para ser o melhor mês para as ações desde 1974, graças a fortes resultados corporativos. Tanto a Merk & Co quanto a Chevron divulgaram resultados superiores às expectativas do mercado nesta sexta-feira.

"O fato de que uma onda de vendas não tenha ocorrido é algo positivo, assim como todo o resto", disse o diretor administrativo da Global Investment Solutions do Morgan Stanley Smith Barney, Andrew Slimmon, em Chicago.

"Temos visto uma temporada de balanços muito boa. O que ocorreu na Europa permite que investidores se foquem nos resultados e façam com que o problema europeu deixe de ser prioridade", afirmou ele.

Os temores de que a crise da dívida na Europa pudesse se espalhar e enfraquecer os lucros de bancos domésticos têm sido um grande peso para o mercado.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.