Com produ??o no limite, Fiat negocia nova f?brica

Empresa quer investimento do governo; marca fabrica 700 mil ve?culos por ano

Agencia Estado

18 de junho de 2007 | 09h38

No limite de sua capacidade de produ??o, pr?xima a 700 mil ve?culos por ano, a Fiat est? conseguindo fabricar ainda mais carros completando os tr?s turnos de trabalho em Betim, Minas Gerais, e transferindo linhas para a Argentina. "Mas se o mercado continuar crescendo em ritmo acelerado teremos de buscar outras alternativas", avisa o presidente da empresa, Cledorvino Belini.Uma nova f?brica j? estaria em negocia??o com o governo de Minas Gerais, segundo fontes do mercado, mas nada impede que seja em outro local.Belini vai iniciar negocia??es com a matriz na It?lia do novo ciclo de investimentos no Brasil, para o tri?nio 2009-2011, que pode incluir a segunda f?brica no Pa?s. No per?odo de 2006 a 2008, o grupo programou aplica??es de R$ 3 bilh?es. Como moeda de troca, ele tem o fato de a filial brasileira ser uma das que mais ajudou a matriz a reverter seus preju?zos.Junto com a Argentina, a capacidade produtiva da Fiat chegar? a 1 milh?o de ve?culos/ano, informa Belini. Betim opera 24 horas, em tr?s turnos, a um ritmo de 2,7 mil carros/dia. Com a solu??o de gargalos em equipamentos, ? poss?vel ampliar um pouco mais, diz o executivo.

Mais conteúdo sobre:
Fiatprodu??o

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.