Com volta do IPI, venda de veículos cai 16% em março

Forte queda ocorre em relação a março de 2013; de acordo com o IBGE, a baixa indica que o segmento sentiu fortemente o efeito da volta do IPI, a partir de janeiro

Antonio Pita, da Agência Estado,

15 de maio de 2014 | 10h17

RIO - O mês de março de 2014 marcou uma forte queda de 16% nas vendas de veículos, na comparação com o mesmo mês do ano passado. É o pior resultado desde março de 2008, quando o indicador sofreu redução de 20,3%. Os dados foram divulgados hoje pelo IBGE, na Pesquisa Mensal do Comércio (PMC).

De acordo com o instituto, a queda indica que o segmento sentiu fortemente o efeito da volta do IPI, a partir de janeiro. Também pesou uma menor oferta de crédito e o efeito calendário, com menos dias úteis em função do carnaval.

"Os estoques de janeiro e parcialmente em fevereiro ainda eram vendidos com tarifas de IPI mais baixas. Esses estoques não compõem mais uma parcela relevante das vendas nas concessionárias, que já começam a ver a reposição do IPI na questão dos veículos", avalia a pesquisadora Aleciana Gusmão.

Em 2008, o pior resultado anterior, com queda de 20,3%, o impacto foi do corte de crédito em função da crise mundial que afetou diretamente as vendas do segmento.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    vendasIBGE

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.