Comissão do Senado aprova recondução de Rufino e Pepitone e um novo diretor na Aneel

A Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou nesta quarta-feira a recondução de Romeu Rufino para o cargo de diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para um mandato de quatro anos, a recondução do diretor André Pepitone para mais um mandato E a indicação de um novo diretor para o órgão regulador, Tiago de Barros Correia.

REUTERS

16 de julho de 2014 | 12h16

Barros Correia, indicado pelo governo para completar o quadro de cinco diretores do colegiado da Aneel, é economista formado pela Unicamp (SP) e já atuou em diversos cargos no governo federal ligados à área de infraestrutura.

O mais recente é o de secretário de Infraestutura Portuária da Secretaria de Portos da Presidência República. Antes disso, Correia integrou o Conselho de Administração da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e foi assessor especial do Ministério da Fazenda, encarregado de acompanhar setores regulados como telecomunicações e transportes.

Correia também foi, entre 2010 e 2012, assessor especial da assessoria econômica do Ministério de Minas e Energia.

Os três nomes foram aprovados por unanimidade na comissão do Senado, com 16 votos cada um.

As três indicações para a Aneel feitas pelas presidente Dilma Rousseff ainda precisam ser aprovadas pelo Plenário do Senado antes de serem confirmadas.

(Por Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAANEELDIRETORIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.