Comissão Européia aprova resgate da Alitalia

Aquisição da companhia aérea por grupo de empresário italianos foi fechada por 375 milhões de euros

Reuters,

12 de novembro de 2008 | 10h43

A Comissão Européia aprovou, sob condições, a aquisição da Alitalia por um grupo de empresários italianos apoiados pelo governo do país, informou uma fonte na União Européia.  A aquisição da Alitalia por 375 milhões de euros (US$ 473,4 milhões) pelo grupo de investidores CAI e o relançamento da empresa estavam condicionados à aprovação pela União Européia. Apesar da aprovação, a comissão determinou que um empréstimo estatal de 300 milhões de euros para a companhia aérea é ilegal. O grupo CAI quer evitar ser forçado a pagar o empréstimo e o governo italiano tem interesse em assegurar que qualquer obrigação de pagamento seja vinculada aos ativos da Alitalia que não estão sendo comprados pelos investidores. O CAI está ficando com os ativos lucrativos da Alitalia enquanto o Estado assumirá o restante, incluindo grande parte da dívida e unidades com problemas.

Tudo o que sabemos sobre:
AviaçãoAlitaliaUnião Européia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.