Concluída entrega do projeto PAC-PME a autoridades

A entrega protocolar do PAC-PME para 12 autoridades governamentais foi concluída nesta segunda-feira, 9, informou Rodolfo Zabisky, presidente do Grupo MZ e um dos idealizadores do projeto. Após diversas reuniões com equipes técnicas, os documentos foram recebidos pelos ministros Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) e Guido Mantega (Fazenda), pelo secretário de Política Econômica, Marcio Holland, pelo secretário da Receita Federal, Carlos Barreto, pelo presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Leonardo Pereira, pelo presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Mauro Borges, e pelo presidente do BNDES, Luciano Coutinho, entre outros.

GABRIELA FORLIN, Agencia Estado

09 de setembro de 2013 | 17h40

"Simultaneamente ao cumprimento de relevante etapa, a iniciativa ganhou um novo e importante líder na interlocução com o Executivo: a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Ninguém melhor do que a entidade para representar os interesses das empresas brasileiras pró-competitividade de todas as regiões", destacou Zabisky. Ele disse ainda que os próximos passos junto ao governo serão liderados por Pablo Cesário, gerente executivo da CNI.

O PAC-PME, também chamado de Brasil+Competitivo, surgiu em prol do empreendedorismo, da melhoria da competitividade empresarial e do acesso facilitado a capital privado de crescimento para médias empresas brasileiras (private equity, dívida, fusões e aquisições e oferta pública inicial de ações). Atualmente, o projeto conta com 159 integrantes, sendo 92 entidades, consultorias e associações, 41 escritórios de advocacia, 16 agentes financeiros (bancos) e 10 auditorias. Um novo participante deve ser anunciado ainda nesta semana, segundo Zabisky.

Tudo o que sabemos sobre:
PACPME

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.