Confiança do consumidor paulistano cai 2,7% em abril

De acordo com a FecomercioSP, os recuos na confiança do consumidor paulistano podem ser explicados pela 'aceleração no aumento dos preços ao consumidor' 

Agência Estado,

30 de abril de 2013 | 11h52

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) paulistano caiu 2,7% em abril ante março, chegando a 155,6 pontos, informou a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Em março, o indicador tinha registrado 160 pontos, em uma escala na qual 0 significa pessimismo total e 200 pontos, otimismo total. A queda foi a segunda consecutiva.

De acordo com a FecomercioSP, os recuos na confiança do consumidor paulistano podem ser explicados pela "aceleração no aumento dos preços ao consumidor, apontando uma inflação resistente".

Todos os quesitos analisados para o cálculo do Índice de Condições Econômicas Atuais (Icea) e para o Índice de Expectativa ao Consumidor (IEC) registraram queda em abril. A instituição destaca o recuo de 3,7% na satisfação do consumidor em relação às condições futuras. Também foi destaque negativo a confiança das pessoas com renda superior a 10 salários mínimos, que caiu 8,5%.

Tudo o que sabemos sobre:
confiançaconsumidorabrilFecomercioSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.