Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Confiança do consumidor sobe 0,9% em SP, diz Fecomercio

Segundo a federação, com crescimento simultâneo do emprego e da renda, paulistanos continuam otimistas

Agência Estado,

19 de setembro de 2011 | 15h21

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da região metropolitana de São Paulo subiu 0,9% em setembro, atingindo 154,1 pontos, ante os 152,7 registrados no mês de agosto. De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), que apura o ICC, apesar da elevação em setembro, ainda há incertezas quanto aos cenários nacional e internacional da economia.

"O consumidor paulistano segue otimista pela elevação do poder de compra, decorrente do crescimento simultâneo do emprego e renda", afirma a entidade, em nota. O ICC é medido em uma escala de 0 a 200 pontos e demonstra otimismo quando fica acima dos 100.

A alta em setembro foi influenciada pelo aumento de 1,6% no indicador que mede o grau de satisfação dos consumidores com o momento econômico atual, o Índice de Condições Econômicas Atuais (ICEA). Consumidores com renda até dez salários mínimos foram responsáveis pela alta do ICEA (elevação de 4,1% ante agosto). Por outro lado, os consumidores que recebem mais de dez salários mínimos se mostraram menos otimistas (queda de 3% no indicador).

Em relação à situação econômica num futuro próximo, o Índice de Expectativa do Consumidor (IEC) mostrou crescimento de 0,4% em setembro ante o mês anterior, influenciado pelo público feminino (elevação de 1,3%).

Tudo o que sabemos sobre:
comércioconsumidorconfiançaíndice

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.