Confiança do consumidor sobe em junho, diz Fecomercio-SP

Após três quedas seguidas, a satisfação dos paulistanos em relação à economia apresentou ligeira alta, de 0,5%, para 154,6 pontos

Equipe AE,

17 de junho de 2011 | 18h43

O otimismo dos consumidores da região metropolitana de São Paulo em relação ao futuro da economia aumentou em junho na comparação com maio, de acordo com o Índice de Confiança do Consumidor (ICC), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), divulgado nesta sexta-feira, 17.

Após três quedas seguidas, a satisfação dos paulistanos em relação à economia apresentou ligeira alta, de 0,5%, para 154,6 pontos, numa escala que vai de zero (pessimismo total ) a 200 (otimismo total), em que resultados acima de 100 indicam otimismo.

Segundo a Fecomercio-SP, os motivos da satisfação são os bons níveis de emprego e de renda, embora a atividade não mantenha o mesmo ritmo que apresentou em 2010. A entidade destaca que o nível de confiança cresceu mais entre os consumidores com renda inferior a dez salários mínimos, alta de 1,22% - foram os que "sentiram mais fortemente o crescimento de sua participação no mercado", diz a Fecomercio-SP, em nota.

Já entre os consumidores com renda maior que dez salários mínimos o nível de confiança caiu 0,71%. Apesar desta queda, o resultado em pontos para estes consumidores em junho, de 160,7, ainda é maior que o para os que estão na faixa de renda de até dez salários mínimos (153,4 pontos).

O ICC da Fecomercio é apurado mensalmente, com base em dados de 2.200 consumidores na região metropolitana de São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
confiançaconsumidorjunhofecomercio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.