Congresso deve agir rapidamente, dizem Tesouro e agentes de mercado

Segundo comunicado divulgado hoje, por causa das discussões sobre o limite da dívida norte-americana na Câmara, reuniões do Tesouro com primary dealers foram canceladas

Álvaro Campos e Regina Cardeal, da Agência Estado,

29 de julho de 2011 | 15h09

Autoridades do Departamento do Tesouro dos EUA se encontraram com todos os primary dealers hoje para discutir os esforços para elevar o limite de endividamento do país, tendo em vista o grande leilão de bônus da semana que vem.

Na reunião, o Tesouro discutiu o leilão regular de refinanciamento trimestral da próxima quarta-feira, que ocorre um dia depois do prazo limite para a elevação do teto da dívida. Os primary dealers, que são obrigados a participar dos leilões de bônus do Tesouro, expressaram suas opiniões sobre o funcionamento do mercado de Treasuries e o calendários de leilões, disse o Tesouro em um comunicado.

"Houve um consenso entre todos os participantes de que o Congresso deveria agir o mais rapidamente possível para elevar o teto da dívida pelo período mais longo possível, para acabar com a nuvem de incerteza que paira sobre a economia", afirma o comunicado. Os líderes do Congresso e a Casa Branca estão tentando chegar a um acordo para reduzir o déficit no orçamento e elevar o limite de endividamento.

O Tesouro vende bills, notes e bônus para financiar as operações do governo e pagar dívidas. Um refinanciamento é a reposição de uma dívida que está prestes a vencer por outra dívida nova. As autoridades do Tesouro geralmente se encontram com cerca de metade dos primary dealers a cada trimestre, para discutir esse refinanciamento.

"Dado às discussões sobre o limite legal de endividamento, entretanto, o Tesouro cancelou hoje as tradicionais reuniões individuais com metade dos primary dealers", diz o comunicado. "Em vez disso, o Tesouro teve uma reunião com todos os primary dealers, incluindo aqueles que originalmente não teriam uma reunião hoje".

Na segunda-feira, o Tesouro planeja divulgar estimativas de empréstimos futuros. Dois dias depois, o departamento vai liberar as decisões de refinanciamento, incluindo quanto será vendido em títulos.

Sem decisões

O Fed e o Tesouro discutiram as condições de mercado com os principais dealers de títulos do Tesouro norte-americano em meio ao impasse sobre o teto da dívida, mas não foi tomada nenhuma decisão sobre nova oferta de Treasuries na próxima semana, segundo William O'Donnell, chefe de estratégia de bônus do governo dos EUA na RBS Securities, de Stamford (Connecticut).

O'Donnell, que participou da reunião, disse também que não houve discussão sobre eventuais planos de contingência caso não haja acordo para elevar o teto da dívida do governo federal até o prazo limite de 2 de agosto.

O RBS é um dos 20 primary dealers que transacionam diretamente com o Fed e são obrigados a fazer ofertas nas vendas de dívida do Tesouro. A reunião é parte do processo trimestral de refinanciamento, quando as autoridades do Tesouro trocam ideias com os dealers sobre a perspectiva para a economia, os mercados financeiros e o fluxo dos Treasuries. Foi realizada no Fed de Nova York e organizada pelo Tesouro.

Esta reunião atraiu atenção especial por causa da falta de acordo em Washington para a elevação do teto da dívida. "Teremos de aguardar e ver o que acontece", disse O'Donnell. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
euadividatesouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.