Conselho da OGX ainda não decidiu sobre recuperação judicial

A expectativa do mercado é que a OGX entre com o pedido de recuperação judicial entre hoje e amanhã, já que a companhia divulgou que só terá caixa por mais algumas semanas

Fernanda Guimarães, da Agência Estado,

30 de outubro de 2013 | 10h22

SÃO PAULO - Apesar da expectativa do mercado de um anúncio de recuperação judicial, a OGX informou, em ofício enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que a empresa ainda não tomou uma decisão de ingressar no processo e que esse definição será feita pelo Conselho de Administração da companhia.

Já em relação ao acordo da Petronas, a OGX reportou que ele ainda está sendo discutido, dentro do processo de recuperação financeira, para a qual a companhia contratou a assessoria da Angra Partners e Lazard.

"Tão logo tenhamos definição sobre os assuntos supra mencionados faremos divulgação através de Fato Relevante", finalizou a empresa no comunicado. O mau momento financeiro da empresa se reflete no preço das ações.

A expectativa do mercado é que a OGX entre com o pedido de recuperação judicial entre hoje e amanhã, já que a companhia divulgou que só terá caixa por mais algumas semanas e por isso, precisa levantar recursos com credores ou com novos investidores, conforme documento de quase 100 páginas divulgado ontem pela empresa, que foi apresentado aos credores.

Um documento, disponibilizado no site de Relações com Investidores da OGX, informou que a empresa precisa de US$ 250 milhões para suas necessidades de liquidez até abril de 2014, seja via nova dívida ou aumento de capital.

A empresa havia anunciado, durante a madrugada de terça-feira, que terminou sem acordo a negociação de meses com detentores de títulos de dívida emitidos no exterior, com valor de face de US$ 3,6 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
OGXrecuperação judicial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.