Consórcio começar a perfurar 2º poço em Libra na próxima semana, diz Petrobras

O consórcio que detém os direitos para exploração do campo de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, deve iniciar a perfuração de um segundo poço na área em 22 de setembro, disse nesta quinta-feira a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster.

MARTA NOGUEIRA, REUTERS

18 de setembro de 2014 | 20h21

Libra foi a primeira área do pré-sal a ser licitada sob regime de partilha de produção, arrematada pela Petrobras, em consórcio com a francesa Total, a anglo-holandesa Royal Dutch Shell e as chinesas China National Petroleum Corp (CNPC) e CNOOC.

A perfuração do primeiro poço do consórcio teve início em agosto e, segundo Graça Foster, como prefere ser chamada a presidente da estatal, já atingiu a camada de sal.

“Estamos perfurando a camada do sal, a 3,5 mil quilômetros, e o próximo poço terá início agora em 22 de setembro”, afirmou durante evento do setor de petróleo no Rio.

A executiva destacou que a contratação da primeira plataforma de Libra deve ser concluída ainda neste mês. Ela reafirmou que o primeiro óleo da área, em Teste de Longa Duração (TLD), acontecerá até o fim de 2016.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estima que haja entre 8 bilhões e 12 bilhões de barris de óleo equivalentes em Libra.

PLATAFORMAS

Graça confirmou ainda o início da produção de três novas plataformas até o fim deste ano: P-61, Cidade de Mangaratiba e Cidade de Ilha Bela. 

De acordo com Graça, a P-61 está prevista para novembro, a Cidade de Mangaratiba para entre outubro e novembro e a Cidade de Ilha Bela, "neste trimestre".

Em um discurso de mais de 30 minutos, durante encerramento de uma das principais feiras do setor de petróleo do Brasil, Rio Oil&Gas, a presidente frisou que a empresa valoriza os seus parceiros. 

“Parceria que nós cuidamos com todo carinho, como se fosse um bebê, se chama Libra. Libra para nós é algo valioso, precioso e hoje para nós já é um exemplo de sucesso (...) ela precisa ser para o mundo um exemplo de sucesso”, afirmou Graça Foster.

(Reportagem adicional de Jeb Blount)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAPETROBRASLIBRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.