Controle societário da Celg passará para a Eletrobras

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deu anuência à transferência do controle societário direto da Celg para a Eletrobras. A companhia era controlada diretamente pela Celg Participações e indiretamente pelo governo de Goiás.

ANNE WARTH, Agencia Estado

25 de março de 2014 | 13h53

Segundo a Aneel, a Eletrobras deverá comprar, no mínimo, 50,88%, e, no máximo, 51% das ações da Celg. A transferência deverá ser implementada e formalizada em até 120 dias. A Eletrobras deverá quitar as obrigações financeiras da Celg antes de efetivar essa transferência.

Relator do caso, o diretor André Pepitone disse que a situação da Celg é desafiadora para a Eletrobras, uma vez que a distribuidora é a última no ranking da Aneel sobre a qualidade do serviço.

Tudo o que sabemos sobre:
energiaCelgEletrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.