Conversa sobre pacote de € 400 bi para a Itália começa em dezembro

Segundo fontes, o fundo europeu de assistência financeira entraria com € 300 bilhões e o FMI com € 100 bilhões

Agência Estado,

29 de novembro de 2011 | 22h49

Fontes do FMI e da União Europeia disseram que as conversações para um pacote de ajuda de € 400 bilhões para a Itália poderão começar em dezembro. Segundo essas fontes, o fundo europeu de assistência financeira entraria com € 300 bilhões e o FMI com € 100 bilhões.

"Há uma convicção crescente de que a Itália poderá precisar de ajuda logo. Ainda não há conversações oficiais, mas elas poderão começar durante ou depois da cúpula europeia de 8 e 9 de dezembro. A questão da Itália foi levantada na reunião do Eurogrupo hoje e será discutida novamente amanhã", disse um funcionário europeu. Segundo ele, qualquer pacote de ajuda à Itália precisará cobrir as necessidades de financiamento do país para 2012; o governo italiano já disse que planeja levantar € 440 bilhões no mercado de bônus no ano que vem.

Um funcionário do FMI afirmou que embora a quota da Itália no Fundo lhe permita levantar até € 250 bilhões da instituição, o FMI só teria como conceder € 100 bilhões neste momento. "O FMI pode dar até € 100 bilhões. Ele não tem como dar mais agora, a não ser que seus recursos sejam ampliados. Por isso, os outros € 300 bilhões para a Itália precisarão vir da Linha Europeia de Estabilização Financeira e dos bancos centrais, inclusive do Banco Central Europeu", disse o funcionário.

As informações são da Dow Jones. (Renato Martins)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.