Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Copel desiste de disputar ativos do Grupo Rede

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) divulgou, na noite desta quarta-feira, que desistiu de apresentar uma oferta para aquisição dos ativos do Grupo Rede. Segundo o comunicado da empresa enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a decisão foi tomada tendo em vista "os prazos exíguos estabelecidos para encaminhamento de proposta definitiva e a disciplina financeira prevista na política de investimentos da Copel".

MARCELLE GUTIERREZ, Agencia Estado

12 de junho de 2013 | 20h36

Em consórcio formado com a Energisa, as empresas apresentaram oferta de R$ 3,2 bilhões pelos ativos operacionais (oito distribuidoras e uma geradora) do Grupo Rede na última segunda-feira, 10. A proposta exclui a compra das holdings do grupo, em recuperação judicial. Copel e Energisa propuseram pagar R$ 1,8 bilhão pelos ativos e mais R$ 1,4 bilhão para assumir todas as obrigações das concessionárias e para substituir as fianças e avais concedidas pelas

holdings às distribuidoras.

O plano de recuperação judicial do Grupo Rede foi apresentado em março, baseado no acordo de compra e venda das holdings do grupo para a CPFL Energia e a Equatorial. A próxima assembleia de credores está marcada para 3 de julho.

Tudo o que sabemos sobre:
Grupo RedeCopeldesistência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.