Copel e Energisa fazem proposta de R$ 3,206 bi ao Grupo Rede

A Copel e a Energisa protocolaram, no último dia 29, uma proposta de compra de todos os ativos de distribuição e geração do Grupo Rede na 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central da Comarca da Cidade de São Paulo, por onde tramita o processo de recuperação judicial do Grupo Rede. De acordo com o fato relevante divulgado pela estatal, o valor total da proposta é de R$ 3,206 bilhões entre pagamentos em dinheiro e assunção de obrigações.

WELLINGTON BAHNEMANN, Agencia Estado

31 de maio de 2013 | 11h57

Na petição protocolada, a Copel e a Energisa solicitaram que a proposta seja apreciada na assembleia dos credores, que será realizada em 5 de junho, próxima quarta-feira. A proposta apresentada pelas duas empresas não abrange as holdings controladoras dos ativos, que estão em processo de recuperação judicial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.