Copom define hoje nova taxa de juros

Maioria dos analistas aposta em alta de 0,25 ponto porcentual, o que levaria o juro para 12,5% ao ano

Economia & Negócios,

20 de julho de 2011 | 08h54

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) anuncia nessa quarta-feira sua decisão sobre a Selic, a taxa básica de juros da economia. A maioria dos analistas aposta em alta de 0,25 ponto porcentual, o que levaria o juro para 12,5% ao ano.

A definição da taxa de juros tem como objetivo controlar a inflação. Quanto mais alta a taxa, menor o consumo e, por consequência, menor a pressão de alta sobre os preços.

A meta de inflação para esse ano é de 4,5%, com margem de tolerância de 2 pontos porcentuais - ou seja, entre 2,5% e 6,5%. Nesse ano, já é dado que o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) - usado como referência pelo governo - ficará acima do teto da meta.

O BC promete trazer a inflação para o intervalo permitido em 2012. Contudo, são grandes as chances de que a promessa não seja cumprida, já que o próximo ano será marcado por aumento expressivo do salário mínimo, o que provoca mais consumo e elevação da inflação.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
juroBanco Central

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.