Copom mantém Selic em 10,75% ao ano

Trata-se da segunda manutenção consecutiva na taxa de juros

Fabio Graner

20 de outubro de 2010 | 20h03

A decisão de manter a taxa Selic em 10,75% ao ano foi unânime, por sete votos, já que o diretor de Assuntos

Internacionais, Luiz Pereira, não participou da reunião porque está indo participar da reunião do G-20. Foi a segunda manutenção seguida do juro básico da economia, decisão que, a despeito das críticas de diferentes economistas, foi amplamente antecipada pelo mercado, conforme levantamento do AE Projeções.

 

A ata dessa reunião será divulgada no próximo dia 28 e o próximo encontro do Copom, o último de 2010, ocorrerá nos dias 7 e 8 de dezembro. Num comunicado bastante reduzido em comparação ao do encontro de setembro, o Copom justificou apenas que a manutenção da Selic foi decidida avaliando-se o cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.