Correção: ALL tem Ebitda ajustado de R$ 444,7 milhões

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção no título. O valor correto é R$ 444,7 milhões e não R$ 44,7 como assinalado. Segue o texto com o título ajustado.

EULINA OLIVEIRA, Agencia Estado

16 de abril de 2014 | 11h36

A América Latina Logística (ALL) informou que seu Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado consolidado cresceu 11,5% no primeiro trimestre de 2014 na comparação com igual intervalo de 2013, somando R$ 444,7 milhões.

A companhia explica, em fato relevante, que o número ajustado exclui os resultados da Argentina obtidos em 2013, uma vez que em 5 de junho do ano passado o governo argentino rescindiu as concessões da ALL no país, nas quais a companhia detinha direitos econômicos.

Segundo a ALL, o crescimento do Ebitda nos três primeiros meses deste ano foi obtido devido a um aumento de 11,3% no Ebitda ajustado das operações ferroviárias no período (para R$ 425,7 milhões) e de 41,4% no Ebitda ajustado da Brado Logística (para R$ 14,5 milhões). No entanto, houve queda de 24,6% no Ebitda ajustado da Ritmo Logística (para R$ 4,5 milhões).

Na terça-feira, 15, o Conselho de Administração da ALL aprovou a proposta da Rumo Logística, subsidiária da Cosan, para fusão das duas empresas. A proposta será submetida a assembleia geral extraordinária (AGE) de acionistas da ALL, que deve ocorrer em até 30 dias.

Tudo o que sabemos sobre:
ALLbalanço1º trimestre 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.