Correção da tabela do IR será feita por MP, diz líder do governo

Medida, que está vinculada à aprovação do salário mínimo de R$ 545, trará correção de 4,5% e será apenas para este ano, não significando uma política de atualização

Eduardo Bresciani, da Agência Estado,

15 de fevereiro de 2011 | 15h42

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou nesta terça-feira, 15, que a correção da tabela do Imposto de Renda será feita por Medida Provisória. O governo está vinculando a correção à aprovação do salário mínimo de R$ 545.

Segundo Vaccarezza, a MP da tabela do Imposto de Renda trará uma correção de 4,5% e será apenas para este ano, não significando uma política de atualização. A medida, de acordo com ele, só será tomada após a sanção do salário mínimo pela presidente Dilma Rousseff. A sanção ocorre depois das votações pela Câmara e pelo Senado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.