CORREÇÃO-Masisa chilena vende linha brasileira por US$55 mi

A indústria de produtos de madeiraMasisa afirmou na segunda-feira que assinou um acordo paratransferir 75 por cento de uma linha de produção de painéisestruturais OSB, no Brasil para uma subsidiária daLousiana-Pacific por 55,5 milhões de dólares. Masisa, a maior fabricante de painéis de madeira da AméricaLatina, afirmou que as empresas chegaram a um acordo paratransferir uma parcela da Masisa OSB Indústria e Comércio S.A.,localizada na fábrica de Ponta Grossa (PR). Os outros 25 por cento das ações continuarão sob o controleda Masisa. A linha de fabricação de OSB tem uma produção anual deaproximadamente de 350 mil metros cúbicos. "O valor total acordado da linha de produção é de 74milhões de dólares perto do valor de mercado do ativo, o quesignifica que a venda não deve mudar muito os resultadoscontábeis da Masisa", afirmou a empresa em comunicado para aagencia de regulamentação da bolsa. A Masisa disse que já recebeu 44,4 milhões de dólares dos55,5 milhões de dólares acordados no negócio. "Os ganhos da transação serão usados principalmente parareduzir os débitos e/ou financiamentos dos investimentos daMasisa", disse a empresa. (Reportagem de Lisa Yulkowski)SANTIAGO (Reuters) - A indústria de produtos de madeira Masisaafirmou na segunda-feira que assinou um acordo para transferir75 por cento de uma linha de produção de painéis estruturaisOSB, no Brasil para uma subsidiária da Lousiana-Pacific por55,5 milhões de dólares. Masisa, a maior fabricante de painéis de madeira da AméricaLatina, afirmou que as empresas chegaram a um acordo paratransferir uma parcela da Masisa OSB Indústria e Comércio S.A.,localizada na fábrica de Ponta Grossa (PR). Os outros 25 por cento das ações continuarão sob o controleda Masisa. A linha de fabricação de OSB tem uma produção anual deaproximadamente de 350 mil metros cúbicos. "O valor total acordado da linha de produção é de 74milhões de dólares perto do valor de mercado do ativo, o quesignifica que a venda não deve mudar muito os resultadoscontábeis da Masisa", afirmou a empresa em comunicado para aagencia de regulamentação da bolsa. A Masisa disse que já recebeu 44,4 milhões de dólares dos55,5 milhões de dólares acordados no negócio. "Os ganhos da transação serão usados principalmente parareduzir os débitos e/ou financiamentos dos investimentos daMasisa", disse a empresa. (Reportagem de Lisa Yulkowski)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.