Corte Suprema dos EUA permite venda da Chrysler para a Fiat

A Suprema Corte dos Estados Unidos permitiu nesta terça-feira a venda da Chrysler a um grupo liderado pela montadora italiana Fiat, uma vitória para a montadora em concordata e para o governo do presidente Barack Obama.

REUTERS

09 de junho de 2009 | 20h48

A Suprema Corte rejeitou um pedido de suspensão do negócio, feito por fundos de pensão do Estado de Indiana e de outros opositores à venda da Chrysler a um grupo liderado pela Fiat, grupos alinhados ao sindicato de trabalhadores e os governos dos EUA e Canadá.

O caso da Chrysler vem sendo considerado como um precedente para a General Motors Corp, que também optou por estratégia similar de venda rápida em sua concordata em Nova York.

(Reportagem de James Vicini)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSCHRYSLERDECIDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.