Cosan estuda união com outra empresa para ganhar mercado

A Cosan Alimentos estuda uma fusão com outra empresa do setor para ampliar sua participação no mercado, disse hoje o presidente da companhia, Marcos Lutz. Segundo ele, a empresa não tem apetite para adquirir outra companhia, mas uma fusão que gere sinergias não está descartada. Para que isso aconteça, Lutz diz ser necessária sinergia logística, comercial, de marca e também que gere volume suficiente de produtos no ponto de venda que justifique um promotor no local.

EDUARDO MAGOSSI, Agencia Estado

21 de novembro de 2011 | 18h40

O diretor presidente da Cosan Alimentos, Colin Butterfield, afirma que o objetivo é diversificar o leque de produtos da empresa, além dos derivados de açúcar. "Queremos agregar valor aos novos produtos e entrar em nichos como o de cafés e bolos", explica. Novos produtos com a marca União devem chegar ao mercado em 2012. "Na área de bolos e biscoitos, por exemplo, a parceria com uma empresa da cadeia de trigo seria um diferencial importante", afirma.

Butterfield conta que, no primeiro semestre de 2011, dois produtos de maior valor agregado registraram crescimento expressivo. O volume vendido de açúcar light cresceu 101% e o de açúcar natural subiu 181%.

Tudo o que sabemos sobre:
alimentosCosanunião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.