Coutinho reitera que EBX tem ativos para superar crise

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, reafirmou que as empresas do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, têm ativos de qualidade para superar a crise. O executivo se recusou a comentar notícias sobre a participação do Mubadala, fundo soberano de Abu Dhabi, no grupo.

VINICIUS NEDER, Agencia Estado

14 de agosto de 2013 | 16h44

"Não vou fazer comentários específicos. São empresas abertas, com alta volatilidade no mercado. Vemos que o grupo tem ativos de alta qualidade para se reequacionar", disse Coutinho, em entrevista à imprensas, na sede do banco, nesta quarta-feira.

Coutinho tampouco comentou a decisão da Cosan sobre a ALL e os próximos passos da tentativa do grupo alemão ThyssenKrupp de vender a siderúrgica CSA.

Tudo o que sabemos sobre:
BNDESEBX

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.