Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

CPFL e Ersa criam CPFL Energias Renováveis

A CPFL e a Ersa - Energias Renováveis anunciam o fechamento de acordo na área de energia eólica, criando a CPFL Energias Renováveis. A CPFL, por meio das controladas CPFL Geração e CPFL Comercialização Brasil, passará a integrar o bloco de controle da Ersa. As controladas da CPFL vão transferir seus empreendimentos e Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) para a Nova CPFL, uma nova holding da qual são as únicas acionistas. A Ersa incorporará a Nova CPFL, que deterá 63,6% do capital total e votante da Ersa. Os atuais acionistas ficam, assim, com 36,4%. A Ersa então terá sua denominação alterada.

EQUIPE AE, Agencia Estado

20 de abril de 2011 | 14h53

Conforme fato relevante divulgado pelas empresas, a relação de substituição entre as ações da Ersa e as da Nova CPFL leva em consideração o valor econômico dos ativos envolvidos, avaliados em R$ 4,5 bilhões. A operação será submetida à aprovação dos acionistas das partes e está sujeita a determinadas condições, como autorizações de órgãos regulatórios e reorganizações societárias na CPFL, que também adquiriu, neste mês, ativos da SIIF.

A companhia resultante terá 1.034 megawatts (MW) de potência em operação e construção, sendo composto por 33 PCHs (278 MW), 4 parques eólicos (210 MW) e 4 usinas termelétricas a biomassa (160 MW) em operação, além de 1 PCH (20 MW), 12 parques eólicos (296 MW) e 1 usina termelétrica a biomassa (70 MW) em construção. A CPFL Energias Renováveis terá ainda cerca de 3.341 MW de empreendimentos em preparação para construção e em desenvolvimento.

Tudo o que sabemos sobre:
energiarenovávelCPFLErsaunião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.