Crédito imobiliário do BB fica em R$ 14 bi no trimestre

A carteira de crédito imobiliário do Banco do Brasil encerrou o mês de março com saldo de R$ 14,3 bilhões, cifra 11,6% superior à registrada em dezembro. Na comparação com o mesmo intervalo do ano passado, a expansão foi ainda mais elevada, de 66,3%.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

15 de maio de 2013 | 08h33

De janeiro a março, o volume contratado totalizou R$ 3,6 bilhões, aumento de 167,9% na comparação com o mesmo período de 2012. Para pessoas físicas, foi emprestado R$ 1,9 bilhão enquanto para pessoas jurídicas o volume de recursos chegou a R$ 1,7 bilhão.

"A carteira PF se destaca mais uma vez, com crescimento de 66,4% em um ano, finalizando março de 2013 com saldo de R$ 11,4 bilhões. Ao todo, foram contratadas 13.629 operações PF no último trimestre", enfatiza o BB.

O Banco do Brasil ultrapassou a meta estabelecida do Programa Minha Casa Minha Vida, passando a marca de 134 mil unidades habitacionais contratadas nas faixas 1, 2 e 3. Os primeiros projetos da faixa 1 (renda familiar mensal até R$ 1.600,00) já contam com 64.740 unidades habitacionais contratadas, em empreendimentos localizados em 21 Estados brasileiros, segundo a instituição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.