Crédito mantém tendência de expansão e sobe 0,8% em maio

Estoque das operações no País sobe para R$ 1,259 trilhão no mês, segundo dados divulgados pelo Banco Central

Célia Froufe e Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

25 de junho de 2009 | 11h08

As operações de crédito do sistema financeiro tiveram expansão de 0,8% em maio ante abril, informou nesta quinta-feira, 25, o Departamento Econômico (Depec) do Banco Central. Com a variação, o estoque dessas operações aumentou de R$ 1,249 trilhão para R$ 1,259 trilhão. Em abril, o crescimento foi de 0,7% na comparação com março.

 

"A evolução das operações de crédito do sistema financeiro em maio manteve a tendência de expansão observada em abril, ressaltando-se o desempenho da demanda por crédito consignado e por financiamentos habitacionais", diz a nota divulgada. De acordo com o documento, no caso dos recursos bancários concedidos às empresas, as variações permaneceram condicionadas pela redução das carteiras fundamentadas em recursos externos. Isso ocorreu, segundo o Depec, por causa dos efeitos da apreciação cambial no período.

 

No acumulado de 12 meses até maio, as operações de crédito do sistema financeiro apresentaram expansão de 20,5%. A participação do crédito no Produto Interno Bruto (PIB) passou de 42,8% em abril para 43% em maio.

 

Base monetária

 

A base monetária apresentou em maio expansão de 1,8% na média dos saldos dos dias úteis na comparação com abril. De acordo com documento mensal divulgado pela autoridade monetária, o aumento da base levou o montante total a R$ 134,772 bilhões em 29 de maio. No acumulado de 12 meses até maio, houve expansão de 1,6% na base monetária nesse conceito.

 

De acordo com a programação monetária para o segundo trimestre, a base monetária tem de oscilar entre R$ 110,7 bilhões e R$ 149,8 bilhões. No conceito de ponta, a base monetária teve contração de 7,9% em maio na comparação com abril. Nesse caso, o montante terminou o mês passado em R$ 133,323 bilhões. Em 12 meses, houve leve expansão de 0,1% nesse conceito.

Tudo o que sabemos sobre:
créditocrise financeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.