Crise europeia é um risco para todas as nações, diz Lagarde

Para a diretora-gerente do FMI, por causa da severidade da crise e da dificuldade que os europeus têm ao lidar com ela, a crise terá um efeito triplo em todas as economias

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

19 de dezembro de 2011 | 12h23

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou que a crise da dívida europeia impõe um risco para "todas as economias do mundo", ao se encontrar com oficiais na Nigéria e sua primeira vista à África no comando da instituição.

"O que está acontecendo em economias avançadas, particularmente na Europa, é obviamente uma preocupação ao redor do mundo no momento", afirmou Lagarde em reunião com o presidente do Senado da Nigéria, David Mark.

Por causa da severidade da crise e da dificuldade que os europeus têm ao lidar com ela, a crise terá um efeito triplo em todas as economias do mundo, acrescentou Lagarde. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
FMILagardecrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.