Cruzeiro do Sul leiloa cartões de crédito consignado

O banco Cruzeiro do Sul, em processo de liquidação extrajudicial desde setembro de 2012, realiza leilão na próxima sexta-feira, 26, da sua plataforma de cartões de crédito consignado, aquele com desconto na folha de pagamento. O lance mínimo para o lote será de R$ 350 milhões, conforme informações do edital disponibilizado no site do organizador, a Zukerman Leilões.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

19 de abril de 2013 | 08h17

A carteira em questão foi originada por 237 Convênios, dentre órgãos públicos, das três esferas (Federal, Estadual e Municipal), além de sete convênios com empresas do setor privado. Os cartões de crédito têm emissão sob a bandeira Visa e seu processamento é de responsabilidade da processadora de cartões Fidelity.

Está incluída no leilão a marca Card Melhor Idade, que conta com aproximadamente 471 mil plásticos emitidos, sendo 321 mil ativos, e todo o material mercadológico referente ao produto. No entanto, conforme o edital do leilão, esses cartões estão bloqueados desde a decretação da liquidação extrajudicial do Cruzeiro do Sul. Ou seja, a base deverá ser reativada pelo seu novo dono.

O vencedor do leilão levará os direitos creditórios da carteira, poderá transferir a titularidade de 237 convênios de cartão e também o sistema interno de tratamento de propostas de cartão, o "Consig". Além disso, está incluso na oferta o contrato celebrado com a Fidelity que inclui, além do processamento, o uso do serviço de call center. No leilão, serão aceitas somente ofertas para pagamento à vista, cuja liquidação deverá ser efetuada em até três dias úteis a contar da data do arremate. A comissão do leiloeiro será de 5% sobre o valor acertado.

Tudo o que sabemos sobre:
Cruzeiro do Sulleilãocartões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.