Custos maiores e câmbio reduzem lucro da Embraer no 2º tri

Faturamento líquido da fabricante de aviões brasileira cai pela metade entre abril e junho deste ano

REUTERS

15 de agosto de 2007 | 07h51

A fabricante de aviões Embraer registrou lucro líquido de R$ 79,7 milhões no segundo trimestre deste ano, queda de 48,8% ante o resultado um ano antes, de R$ 155,7 milhões. O balanço da empresa no período foi afetado por maiores custos e variações cambiais.  A geração de caixa medida pelo Ebitda ficou em R$ 78,7 milhões no último trimestre, contra R$ 305,2 milhões de abril a junho de 2006. A margem caiu de 13,6% um ano antes para 3,6% no trimestre passado. Nos primeiros três meses deste ano a margem Ebitda da Embraer foi de 6,5%.  "Os custos industriais ainda se apresentam elevados em função dos ainda altos ciclos de produção, incluindo aumento dos custos de mão-de-obra relacionados à realização de horas-extras, enquanto o terceiro turno ainda se encontra na fase inicial de implantação", informou a Embraer em comunicado ao mercado.  A companhia teve receita líquida de R$ 2,19 bilhões no segundo trimestre, queda em relação aos R$ 2,247 bilhões registrados um ano antes. A empresa promoveu alterações de práticas contábeis que influenciaram as linhas de receita líquida, custos dos produtos vendidos, despesas comerciais e receitas financeiras, sem alterar o lucro líquido.  Do total do faturamento, a aviação comercial representou 62,4%, queda ante os 68,9% de 2006. Apesar disso, os segmentos de aviação de defesa e governo e executiva tiveram ganhos no período.  A empresa entregou 36 aeronaves de abril a junho, mesmo número do segundo trimestre de 2006 e prevê encerrar o ano atingindo a meta projetada de entregas de 165 a 170 jatos.  A carteira de pedidos firmes da empresa terminou o trimestre passado em US$ 15,6 bilhões, com 1.570 aviões, 850 opções e 452 pedidos em carteira.

Tudo o que sabemos sobre:
lucro de empresasEmbraer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.