CVC pode levantar até R$ 1 bilhão com IPO

A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens publica, nesta quarta-feira, 13, aviso ao mercado de sua oferta secundária de 33.750.000 ações ordinárias no Novo Mercado da Bovespa. A quantidade de ações poderá ser acrescida em até 20%, ou 6.750.000 milhões de ações em lote adicional, e 15%, ou 5.062.500 de ações de lote suplementar. Com os lotes extras, a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) poderá chegar a até R$ 1 bilhão, considerando o teto do preço sugerido, que vai de R$ 18,00 a R$ 22,00.

BETH MOREIRA, Agencia Estado

13 de novembro de 2013 | 08h17

O preço será fixado no dia 5 de dezembro, quando se encerra o período de coleta de intenções de investimento (bookbuilding), que se inicia hoje. O período de reserva para investidores e para pessoas vinculadas tem início no dia 22 de novembro, com encerramento no dia 25 do mesmo mês para pessoas vinculadas e em 4 de dezembro para outros investidores, conforme o cronograma da oferta.

O início das negociações das ações na bolsa paulista, sob o código "CVCB3", está previsto para 9 de dezembro, quando se inicia o prazo de exercício da opção de lote suplementar que tem encerramento em 07 de janeiro. A data de liquidação será no dia 11 de dezembro.

A operação contará com esforços de colocação no exterior e será liderada pelo Itaú BBA, com participações ainda de Morgan Stanley, Bank of America Merrill Lynch, JPMorgan e BTG Pactual. Os acionistas vendedores são os Fundos de Investimentos BTC (21.476.279 ações), GJP (11.464.370 ações) e GP (809.351 ações).

De acordo com prospecto preliminar, a oferta foi aprovada em Assembleia Geral Extraordinária no dia 09 de outubro. Essa será a segunda tentativa da operadora de turismo de abrir o seu capital. A CVC iniciou em agosto de 2011 seu processo de IPO, mas por causa das "condições do mercado", suspendeu a oferta em fevereiro do ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
CVCIPO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.