CVM aumenta prazo para diretores da Óleo e Gás apresentarem defesa

A Comissão de Valores Mobiliários fixou novo prazo para que diretores da Óleo e Gás, antiga OGX, apresentem defesas dentro do processo que investiga responsabilidade dos acusados na divulgação de informações que poderiam induzir acionistas ao erro.

REUTERS

29 de agosto de 2014 | 09h38

O prazo para apresentação da defesa foi aumentado para 7 de outubro de 2014.

Entre os acusados está o empresário Eike Batista, fundador da OGX, que protagonizou o maior pedido de recuperação judicial da história da América Latina, no ano passado.

Após revisar dados sobre reservas e produção, as ações da companhia tiveram uma derrocada na bolsa, que culminaram com o pedido de recuperação judicial.

(Por Anna Flávia Rochas)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASOGXCVMPRAZO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.