CVM: membros do conselho da Unipar vão ressarcir cia

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou a proposta de termo de compromisso de cerca de R$ 2,53 milhões com quatro membros do conselho de administração da Unipar que aprovaram o pagamento de dividendos complementares às ações preferenciais nominativas classe A (PNA) referentes ao exercício de 2009, existindo prejuízos no balanço patrimonial da companhia.

SABRINA VALLE, Agencia Estado

19 de setembro de 2011 | 16h51

O acordo foi fechado antes mesmo de instaurado um processo administrativo sancionador. Os conselheiros Arthur Cesar Whitaker de Carvalho, Frank Geyer Abubakir, Maria Soares de Sampaio Geyer e Vera Soares de Sampaio Geyer ofereceram ressarcir a Unipar Participações com R$ 2,305 milhões, referentes à integralidade dos dividendos distribuídos às ações preferenciais classe "A" da companhia conforme deliberado pela Assembleia Geral Ordinária de 30/04/2010.

O montante será atualizado pela taxa Selic desde a data em que os dividendos foram colocados à disposição dos acionistas (13/05/2010) até a data do efetivo pagamento.

Os investigados também pagarão 10% do valor atualizado à CVM, o que faz o total subir para R$ 2,53 milhões, sem considerar as atualizações. Após o pagamento, o processo será extinto.

Tudo o que sabemos sobre:
UniparCVMconselhoressarcimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.