Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

CVM multa executivos da têxtil Carlos Renaux

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) multou os executivos da Fábrica de Tecidos Carlos Renaux, no valor total de R$ 125 mil, por elaborarem e aprovarem demonstrações financeiras irregulares. O órgão regulador do mercado de capitais também identificou abuso de poder de controle pelos executivos, no que se refere à constituição irregular de reserva de lucros e à retenção de lucros sem respaldo legal.

MARCELLE GUTIERREZ, Agencia Estado

25 de junho de 2013 | 21h00

Em processo administrativo divulgado nesta terça-feira, 25, pela CVM, está fixada uma multa individual de R$ 75 mil para os diretores Gilberto Renaux e Paulo Renaux, da Têxtil Renaux S/A, "pela imputação de elaboração das demonstrações financeiras de 2002. Os executivos desrespeitaram o artigo 176, da Lei nº 6.404/76", informou a CVM.

Gilberto Renaux e Paulo Renaux, além de Maria Luiza Renaux Hering e Carlos Renaux Júnior, foram multados ainda, no valor individual de R$ 50 mil, pela imputação de aprovação, em reunião do conselho de administração, das demonstrações financeiras irregulares. A infração corresponde ao disposto no artigo 142, incisos III e V, da Lei nº 6.404/76.

O colegiado da CVM também decidiu, por unanimidade, de acordo com comunicado, pela absolvição de Fábrica de Tecidos Carlos Renaux S.A., de Gilberto Renaux e Paulo Renaux pela imputação de prática de abuso de poder de controle, previsto no inciso XV, do art. 1º, da Instrução CVM nº 323/00.

Tudo o que sabemos sobre:
CVMFábrica de Tecidos Renauxmulta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.