CVM pune conselheiros da Eletropar com advertência

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aplicou pena de advertência a conselheiros da Eletrobras Participações S/A por terem convocado uma assembleia geral ordinária relativa ao exercício de 2010 fora do prazo legal. Foram advertidos Marcelo Lobo de Oliveira Figueiredo, Carlos Alberto Policaro, Loreni Fracasso Foresti e Paulo Hermínio Duque Costa.

MARIANA DURÃO, Agencia Estado

10 de setembro de 2013 | 21h40

A CVM decidiu ainda, por unanimidade, absolver Figueiredo e Jorge José Teles Rodrigues, na qualidade de diretores Eletropar, por não terem exigido a elaboração das demonstrações financeiras do mesmo ano em até três meses após o encerramento do exercício.

Os acusados poderão recorrer ao Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
CVMEletropar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.