Daimler deve suspender produção de automóveis por um mês

Montadora culpa crise econômica pela queda nas vendas e consequente paralização na montagem

Ana Conceição - AE/Dow Jones,

25 de outubro de 2008 | 17h18

A montadora alemã Daimler deve suspender a produção de automóveis durante um mês por conta da queda na demanda, provocada pela crise financeira internacional, segundo o jornal Frankfurter Sonntagszeitung, que cita um porta-voz da companhia. A suspensão ocorrerá a partir de 11 de dezembro. Na última quinta-feira, a montadora emitiu o segundo alerta de lucros de 2008, em razão da piora das condições dos mercados financeiros e automobilístico, após anunciar o balanço do terceiro trimestre deste ano. O balanço mostrou que os ganhos antes de juros e impostos (Ebit) despencaram 66% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita da companhia no terceiro trimestre também teve queda, de 7%.  "A crise financeira está se transformando em crise econômica", disse o presidente da Daimler, Dieter Zetsche, em uma teleconferência realizada após a divulgação dos resultados da empresa. A crise, afirmou, "provocou uma queda dramática nas vendas em nossos principais mercados nas últimas semanas. A situação é difícil. Estamos vivendo uma época fora do comum." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
DaimlerCrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.