Daimler vai recuperar nome após acordo com a Ford

A DaimlerChrysler abriucaminho para se chamar Daimler AG ao fechar um acordo com aFord Motor para usar a marca que atualmente pertence àbritânica Jaguar, informaram as empresas nesta quarta-feira. A Jaguar adquiriu os direitos sobre o nome Daimler em 1960,quando comprou o braço britânico estabelecido pela montadoraalemã, fundada por Gottfried Daimler, em 1896. A montadora passou a fornecer carros de luxo à família realbritânica e o nome Daimler ainda aparece em algumas versõesmais sofisticadas dos carros da Jaguar, que por sua vez integrao grupo de marcas de luxo da Ford que estão sendo vendidas. A DaimlerChrysler "poderá agora usar o nome isoladamente ouassociado a outras palavras como título de uma empresacomercial, um nome comercial ou nome da corporação", disse umporta-voz da Ford. "O acordo não afeta o direito existente daempresa de usar o nome em produtos." Uma porta-voz da DaimlerChrysler se recusou a dizer quantoa montadora pagou à Ford pelos direitos. Os acionistas da DaimlerChrysler vão se reunir em 4 deoutubro para decidir se o nome da empresa será mudado. A proposta tem sido atacada na Alemanha por críticos queafirmam que ela ignora a contribuição de Carl Benz, cujotrabalho no desenvolvimento de carros ajudou a liderar afundação da Daimler-Benz AG. Esse era o nome do grupo alemãoantes da fusão com a norte-americana Chrysler em 1998. A DaimlerChrysler vendeu em maio uma participaçãomajoritária no Chrysler Group para a empresa de investimentosCerberus Capital Management.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.