Danone aumenta sua participação na chinesa Mengniu

A Danone elevou sua participação na chinesa Mengniu Dairy Co. de 4% para 9,9%, tornando-se a segunda maior acionista da principal empresa de lácteos da China. A companhia francesa pagou 486 milhões de euros pela fatia adicional. Em maio do ano passado, a Danone e a Mengniu anunciaram a formação de uma joint venture com a gigante estatal do setor agrícola Cofco, para desenvolver iogurtes para o mercado chinês. A Cofco controla mais de dois terços da Mengniu.

Agencia Estado

12 de fevereiro de 2014 | 19h17

A Danone está tentando recuperar sua participação no mercado chinês de fórmulas de nutrição infantil, após os recalls anunciados por sua principal fornecedora, a neozelandesa Fonterra. Além disso, a companhia reduziu em até 20% os preços de leite infantil no país asiático, depois de ser multada por formação de cartel. Recentemente, duas unidades da Danone foram acusadas de pagamento de propina. Segundo analistas, esses eventos podem afetar o potencial de longo prazo das marcas da companhia na China.

Devido às dificuldades para recuperar participação no mercado de fórmulas infantis, a Danone está apostando em iogurtes. No ano passado, as vendas de iogurte no país aumentaram 16%, para US$ 8,63 bilhões. A Mengniu respondeu por cerca de 19% desse total, de acordo com empresa de pesquisas Euromonitor International. Assim como outras empresas chinesas de lácteos, a Mengniu está tentando melhorar sua imagem junto aos consumidores, depois de se ver envolvida no escândalo do leite contaminado com melamina em 2008. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
DanonepartcipaçãoMengniu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.