Déficit em conta corrente fica em US$ 4,7 bilhões em novembro

Entre janeiro e novembro, o déficit em conta corrente soma US$ 43,459 bilhões equivalente a 2,34% do PIB

Fabio Graner e Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

21 de dezembro de 2010 | 10h38

A conta de transações correntes do balanço de pagamentos teve, em novembro, déficit de US$ 4,696 bilhões, de acordo com dados divulgados há pouco pelo Banco Central. Em igual mês do ano passado o déficit externo foi de US$ 3,273 bilhões. No acumulado de janeiro a novembro, o déficit em conta corrente soma US$ 43,459 bilhões equivalente a 2,34% do PIB. No mesmo período do ano passado, o déficit foi de US$ 18,352 bilhões, o correspondente a 1,29% do PIB.

Nos 12 meses encerrados em novembro, o déficit externo é de US$ 49,409 bilhões , o equivalente a 2,43% do PIB. Até outubro, o déficit em 12 meses era de US$ 47,987 bilhões, ou 2,36% do PIB. O BC estima que déficit em conta corrente fechará 2010 em US$ 49 bilhões. 

Remessa de lucros

A remessa de lucros e dividendos feita por empresas multinacionais instaladas no Brasil somou em novembro US$ 1,949 bilhão. Com esse resultado, as transferências no acumulado do ano alcançaram US$ 25,031 bilhões. Em igual período do ano passado, as transferências tinham somado US$ 19,892 bilhões.

O BC também anunciou que o pagamento de juros no mês passado somou US$ 558 milhões, acumulando de janeiro a novembro US$ 8,214 bilhões.

Ainda na conta de serviços e rendas, viagens internacionais registraram déficit de US$ 955 milhões em novembro. Nos 11 meses do ano, a conta acumula saldo negativo de US$ 9,357 bilhões. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.