Déficit nominal do setor público soma R$ 6,9 bi em março

No mesmo mês de 2010, saldo negativo, após o pagamento de juros, tinha sido de R$ 17,2 bilhões

Célia Froufe e Fabio Graner, da Agência Estado,

29 de abril de 2011 | 11h14

O setor público registrou déficit nominal de R$ 6,949 bilhões em março, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 29, pelo Banco Central. No mesmo mês de 2010, o saldo negativo, após o pagamento de juros, tinha sido de R$ 17,168 bilhões. No mês passado, o governo central registrou déficit de R$ 3,969 bilhões; os governos regionais, resultado negativo de R$ 2,051 bilhões, e o conjunto de empresas estatais, déficit de R$ 928 milhões.

No primeiro trimestre do ano, o setor público acumula resultado negativo de R$ 19,683 bilhões, o que corresponde a 2,10% do PIB. No mesmo período do ano passado, o saldo havia ficado negativo em R$ 26,301 bilhões (3,15% do PIB). Ainda em relação aos primeiros três meses de 2011, o governo central apresentou déficit de R$ 14,863 bilhões (1,59% do PIB), enquanto os governos regionais tiveram resultado negativo de R$ 3,425 bilhões (0,37% do PIB) e as empresas estatais, de R$ 1,394 bilhão (0,15% do PIB).

No acumulado de 12 meses encerrados em março, o déficit nominal do setor público é de R$ 87,055 bilhões (2,31% do PIB). Nos 12 meses encerrados em fevereiro, o resultado negativo era de R$ 97,274 bilhões (2,60% do PIB). O governo central registra, em 12 meses, déficit nominal de 38,967 bilhões (1,03% do PIB). Os governos regionais acumulam saldo negativo no período de R$ 46,079 bilhões (1,22% do PIB) e as empresas estatais, de R$ 2,010 bilhões (0,05%).

Tudo o que sabemos sobre:
déficit nominalsetor públicojurosBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.