Déficit orçamentário da Grécia no ano até abril é revisado para cima

No período de quatro meses, a receita orçamentária ordinária caiu 9,1% em relação ao mesmo período do ano passado, para 14,47 bilhões de euros

Danielle Chaves, da Agência Estado,

23 de maio de 2011 | 11h07

O déficit no orçamento estatal da Grécia aumentou 14%, para o valor revisado de 7,246 bilhões de euros, nos primeiros quatro meses deste ano, informou o Ministério de Finanças. O número se compara com o cálculo anterior de 7,235 bilhões de euros divulgado no começo deste mês. O resultado mostrou que o déficit estatal foi mais profundo do que a meta para os quatro meses, de 6,924 bilhões de euros.

Em um comunicado, no entanto, o ministério afirmou que o orçamento geral do governo, que inclui o orçamento estatal e outras contas gerais do governo, ficou em linha com as metas estabelecidas no orçamento para 2011 acertado em novembro do ano passado. O orçamento estatal reflete apenas as operações do governo central da Grécia e não leva em conta transferências para governos locais e fundos de seguridade social, alguns gastos militares e outros.

No período de quatro meses, a receita orçamentária ordinária caiu 9,1% em relação ao mesmo período do ano passado, para 14,47 bilhões de euros, diante da meta de 16,34 bilhões de euros. Já os gastos ordinários subiram 3,6%, para 21,02 bilhões de euros, em comparação com a meta de 20,84 bilhões de euros. De acordo com o ministério, as despesas com projetos de investimento público diminuíram 43% no período, para 1,33 bilhão de euros, diante da meta de 2,45 bilhões de euros.

Em maio do ano passado, a Grécia evitou um default com ajuda de um empréstimo emergencial de 110 bilhões de euros da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) em troca de medidas que reduzissem seu déficit orçamentário geral de 15% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 para 3% em 2014. Para este ano, a Grécia tem como meta um déficit de 7,4% do PIB, ou 17 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciadéficitOrçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.