Dell marca votação para 18/7 sobre venda da empresa

A Dell estabeleceu nesta sexta-feira a data de 18 de julho para a votação da oferta de compra de US$ 24,4 bilhões feita por seu fundador, Michael Dell, e o fundo de private equity Silver Lake Partners. Alguns grandes acionistas criticam a diretoria da empresa, alegando que eles aceitaram uma oferta ruim para tirar a companhia da bolsa.

Agencia Estado

31 de maio de 2013 | 21h29

Em uma carta enviada para os acionistas nesta sexta, um comitê especial criado pela diretoria da Dell novamente defendeu a oferta do fundador, afirmando que foram avaliadas diversas estratégias e alternativas financeiras e considerados os "méritos e a viabilidade de uma recapitalização alavancada", uma oferta feita pelos acionistas Southeastern Asset Management Inc. e Carl Icahn para manter a empresa como uma companhia de capital aberto e pagar um dividendo extraordinário, ao custo de US$ 21 bilhões.

O comitê também afirmou que após a oferta do fundador foram contatados 21 potenciais parceiros estratégicos e 52 possíveis compradores financeiros, embora nenhum deles tenha feito uma proposta superior à de Michael Dell. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Dellvendavotação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.