Dell registra lucro trimestral de US$ 945 milhões

Receitas da companhia avançaram 1% no período, para US$ 15 bilhões

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

18 de maio de 2011 | 09h11

A fabricante de computadores norte-americana Dell registrou um lucro de US$ 945 milhões (US$ 0,49 por ação) no trimestre encerrado em 29 de abril, acima dos US$ 341 milhões (US$ 0,17 por ação) do mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados hoje. Excluindo itens extraordinários, o lucro ajustado subiu para US$ 0,55 por ação, ante US$ 0,30 por ação no primeiro trimestre do ano passado. As receitas da companhia avançaram 1%, para US$ 15,02 bilhões.

A margem bruta avançou para 22,9%, ante 16,9%. As receitas no segmento móvel - a maior parte com notebooks mas incluindo também aparelhos móveis - cresceram 3,4%. As receitas avançaram 5,4% no segmento que envolve os grandes clientes corporativos e 6,9% entre clientes de médias e pequenas empresas. As receitas no setor público caíram 2,3% e, no setor de consumo, cederam 7,5%.

Como outras empresas de computadores, a Dell disse que a demanda de pessoas físicas por computadores pessoais foi fraca no trimestre. Essa tendência esbarrou ainda nas vendas de netbooks, já que a preferência dos consumidores está focada no tablet (computador em forma de prancheta).

O resultado da Dell contrasta com o de sua concorrente Hewlett-Packard, que cortou sua projeção de lucro e receita para 2011. A Dell disse que seu lucro operacional irá subir entre 12% a 18% este ano. Em fevereiro, a companhia havia estimado expansão de 6% a 12% no lucro operacional em 2011. A companhia também reiterou sua projeção de expansão das vendas de 5% a 9% este ano, indicando uma receita de pelo menos US$ 64,6 bilhões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
computadoresDelllucrobalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.