Demanda do consumidor por crédito sobe 10,4% em setembro, aponta Serasa

A demanda do consumidor brasileiro por crédito cresceu 10,4 por cento em setembro ante o mesmo mês do ano passado, informou a Serasa Experian nesta quinta-feira, citando o impacto de medidas de estímulo de crédito anunciadas pelo governo.

REUTERS

09 de outubro de 2014 | 10h06

A procura por crédito, porém, recuou 1,6 por cento na comparação com agosto, e acumula queda de 3,6 por cento nos primeiros nove meses do ano sobre igual período de 2013.

Em comunicado, economistas da Serasa afirmaram que a alta de setembro na comparação anual pode ser explicada pela reação positiva do consumidor final às medidas de estímulo de crédito anunciadas pelo governo no fim de agosto.

No detalhamento por faixas de renda, a busca por crédito em setembro só caiu ante o mesmo mês do ano passado entre consumidores com rendimentos de até 500 reais, com recuo de 10,7 por cento.

Na outra ponta, houve avanço de 17,7 por cento na mesma base entre os consumidores que ganham de 1 mil a 2 mil reais, grupo que mostrou maior avanço na demanda por crédito no mês.

O resultado positivo geral de setembro também foi puxado pelo aumento na procura por crédito entre os consumidores que ganham de 500 a 1 mil reais (+10,6 por cento) e entre os que recebem de 2 mil a 5 mil reais (+10 por cento).

(Por Renan Fagalde, edição de Marcela Ayres)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASSERASACREDITOCONSUMIDOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.