Demanda por crédito recua 5,5% em agosto, diz Serasa Experian

Segundo economistas, a alta do dólar e dos juros e o menor grau de confiança dos consumidores contribuiu negativamente para a demanda por crédito

Renan Carreira, da Agência Estado,

09 de setembro de 2013 | 09h37

O número de consumidores que buscaram crédito no mês de agosto foi 5,5% menor do que em julho, divulgou nesta segunda-feira, 9, a Serasa Experian. De acordo com o Indicador da Demanda do Consumidor por Crédito, na comparação de agosto de 2013 com igual mês de 2012 a queda foi de 3,3%. No entanto, no acumulado de janeiro a agosto, a demanda dos consumidores por crédito cresceu 4,7% na comparação com o mesmo período de 2012.

Segundo os economistas da empresa, a alta do dólar e dos juros e o menor grau de confiança dos consumidores contribuiu negativamente para a demanda por crédito. A maior queda se deu entre consumidores de baixa renda. Aqueles que ganham até R$ 500 por mês reduziram a demanda por crédito em 8,2% e os que recebem entre R$ 500 e R$ 1.000 mensais diminuíram a busca em 6,4%.

Houve recuo de 4,6% na demanda por crédito na faixa de R$ 1.000 a R$ 2.000 por mês e queda de 3,4% para aqueles que ganham entre R$ 2.000 e R$ 5.000 por mês. Também houve baixa de 2,2% entre os consumidores que ganham entre R$ 5.000 e R$ 10.000 e recuo de 1,8% entre os que recebem mais de R$ 10.000 mensais.

Regiões

As regiões Nordeste, com queda de 9,5%, e Norte, com baixa de 8,9%, apresentaram os recuos mais expressivos na busca dos consumidores por crédito em agosto ante julho. Na sequência aparecem o Sul (-5,6%), Sudeste (-3,7%) e Centro-Oeste (-3,6%). No acumulado de 2013 até agosto, entretanto, a demanda por crédito cresceu 14,6% no Norte, 11,9% no Nordeste, 4,7% no Sul e 2,3% no Sudeste. O Centro-Oeste acumula queda de 1,8%.

Tudo o que sabemos sobre:
Serasacréditodemandaagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.