Desemprego da zona do euro fica estável em 10% em agosto

No período, 15,739 milhões pessoas não tinham emprego na zona do euro  

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

30 de setembro de 2011 | 08h13

A taxa de desemprego na zona do euro continuou no nível mais alto de 10% em agosto, em comparação com julho, em linha com as expectativas.

Segundo a Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia, 15,739 milhões pessoas não tinham emprego na zona do euro em agosto, uma queda de 38 mil em relação a julho e de 215 mil pessoas em comparação com agosto do ano passado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
zona do euroEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.